★★★★, Críticas, Highlight Reviews, Português, Reviews
Comment 1

Crítica | A Bela e o Monstro (2017)

  • De: Bill Condon
  • Com: Emma Watson, Dan Stevens, Luke Evans
  • 2h09min

Tornou-se claro o interesse da Disney em trazer os clássicos de volta ao grande ecrã em formatos restaurados, mais actuais e se possível em live-action.  Uma estranha renúncia aos prazeres da animação que até à data se tem mostrado proveitosa mais que não seja pela nostalgia que evoca e pelos restauros de qualidade com que temos sido brindados recentemente. Tal como Cinderela, este A Bela e o Monstro não fica aquém das expectativas, oferecendo uma bonita homenagem ao clássico animado de 1991 da Disney, que foi o primeira longa-metragem de animação a merecer uma nomeação para Melhor Filme. As músicas, o encanto da história e das personagens e toda a harmonia presente no filme de animação e que encantaram miúdos e graúdos ao longo de várias gerações são aqui restaurados e apresentados de novo no grande ecrã, com um claro carinho pela história original.

É a história que todos conhecemos, com as personagens marcantas e o encanto natural com uma nova vida enaltecida por interpretações de um elenco de luxo. Emma Watson procura aqui conquistar mais um trunfo memorável, como a protagonista do filme, depois de ter sido Hermione Granger durante tantos anos, e é sem sombra de dúvidas um dos aspetos mais agradáveis de todo o filme, numa interepretação que nos conduz ao longo desta romântica aventura cheia de música, cor e vida. A par desta intepretação temos tantos outros grandes nomes que têm o merecido destaque, tal como no clássico animado, como Ian McKellen, Emma Thompson, Stanley Tucci e Ewan McGregor. É sem sombra de dúvidas um extraordinário enredo que contribuí para embelezar e engrandecer todo o encanto da história.

Para os que estavam rendidos ao clássico animado, não há muito a referir tendo em conta que a fórmula é aqui repetida quase que na íntegra. A química entre Emma Watson e Dan Stevens é agradável e fluída e Luke Evans como Gaston e Josh Gad numa interpretação memorável de LeFou são duas boas surpresas que contribuem para grandes momentos musicais. Os momentos e a estrutura do clássico da Disney são aqui quase que convertidos para o formato live-action, procurando alterar o mínimo possível, o que se traduz num aspeto menos positivo por vezes a nível de originalidade. Nesta versão mais actual d’A Bela e o Monstro, a música, como não podia deixar de ser, é um dos aspetos mais importantes de toda a experiência e há que dar o crédito a um conjunto de coreografias e momentos adoráveis e encantadores, destacando-se as músicas Be Our Guest (um apelo visual constante que estimula o espetador durante toda a sua duração) e Gaston que serve como um dos momentos mais musicais do filme.

Para os que procuram algo mais nesta re-introdução no grande ecrã do clássico intemporal, não existem surpresas nem grandes motivos de destaque. Esta adaptação é harmoniosa, bonita e encantadora, muito à custa da nostalgia que evoca durante toda a sua duração e de um elenco de luxo que brilha minuto após minuto e dá todo um carácter memorável e apelativo ao enredo. A história está mais actual e os momentos que permanecem na nossa memória são aqui recordados e recriados com um carinho e um respeito notáveis, tornando esta numa experiência nostálgica que apela ao nosso lado sonhador e à criança que existe dentro de nós, com um grande potencial para agradar a toda a família. A Bela e o Monstro é assim uma harmoniosa aventura e um encantador romance com o toque de magia da Disney e uma bonita homenagem a um dos clássicos de animação mais imponentes da história.

Advertisements

1 Comment

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s