Bamboo Awards | Os 15 Filmes Favoritos de 2016

Bamboo Awards | Os 15 Filmes Favoritos de 2016

5. OS OITO ODIADOS, Quentin Tarantino

hatefuleightstillTarantino apresenta em Os Oito Odiados uma experiência intensa com uma fotografia muito apelativa que nos leva para as montanhas geladas do Wyoming enquanto acompanhamos as personagens pouco convencionais numa história de intrigas, traições e mistério que vive do confronto dos ideais e dos passados dos oito desconhecidos que se abrigam na estalagem.  Recheado com personagens icónicas e grandes interpretações que conferem um enorme potencial ao oitavo filme do realizador, o desenvolvimento calculado e empolgante de Os Oito Odiados tornam o filme numa experiência memorável e digna de ser reconhecida como um dos melhores trabalhos do realizador. São os detalhes nos diálogos, os momentos mais curiosos e um mistério constante aliados a um desenrolar de situações memoráveis que tornam esta uma das estadias mais sangrentas e peculiares que alguma vez tive o prazer de ver. Uma história que leva o seu tempo a desenvolver-se mas que ao perder a envolvente misteriosa revela-se uma autêntica caixinha de surpresas cujo desenlace é simplesmente brilhante. Uma história intensa, de um cariz altamente violento que se destaca por tudo aquilo que nos faz fãs do estilo único de Tarantino, acompanhada por uma banda-sonora genial da autoria do mestre Ennio Morricone. Resumindo, uma experiência absolutamente obrigatória!

4. O PRIMEIRO ENCONTRO, Denis Villeneuve

arrivalstillSenti-me completamente envolvido, vidrado no mistério, nos ideais e na intensidade da narrativa, de forma a que no fim as palavras eram poucas para expressar a minha opinião referente à magnificiência e excelência da obra de Villeneuve. O realizador que tem vindo a demonstrar o seu talento com grandes histórias, fortes e emotivas, deixa aqui mais um pedaço da sua mente brilhante, numa história como há muito não se via, que leva o seu tempo a conquistar e a cativar o espetador mas que depressa se torna numa verdadeira bomba emocional, para a qual contribuí uma banda sonora fascinante. Inesperado, sensacional, forte e emocionante, O Primeiro Encontro é uma jornada épica com um aspecto humano que se sobrepõe ao carácter mais ficcional, que brilha como um dos melhores filmes do género da década.

Páginas: 1 2 3 4 5



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *