★★★★★, Críticas, Highlight Reviews, Português, Reviews
Comments 3

Crítica | La La Land – Melodia de Amor (2016)

la-la-land-title-1

lalalandposter

  • De: Damien Chazelle
  • Com: Emma Stone, Ryan Gosling, John Legend
  • 2h08min

O atraso na exibição de La La Land – Melodia de Amor em Portugal levou a um adesão louca às salas de cinema para assistir ao recordista nomeado aos Oscars deste ano, igualando as 14 nomeações de Titanic e All About Eve, deixando as expectativas em alta e cultivando um entusiasmo frenético no público. Ora é perante estas condições que assistimos a uma abertura inicial extravagante, alegre, repleta de música, luz e cor com um ritmo contagiante que carrega as nossas atenções para uma história de amor para sonhadores. O exagero, a animação e a agitação de “Another Day of Sun” dão o pontapé de partida, para aquele que é seguramente o musical da década.

Related image

A forma como Damien Chazelle nos traz esta fusão de romance e musical, é digna de ser apreciada com toda a entrega por parte do espetador, num vislumbrante e brilhante espetáculo visual em que é impossível resistir aos encantos de Emma Stone e de Ryan Gosling que protagonizam uma história de amor com alma e coração. A sequência de faixas e diálogos e o ritmo cativante dão-lhe um ar de graça e de encanto que tira também partido de inúmeras referências a outras histórias e filmes para fazer a sua espécie de homenagem ao casamento perfeito entre o cinema e a música.

Related image

O enredo, que à partida parecia simples e um mero adereço de um musical com cada momento cuidadosamente pensado, ganha ímpeto e conquista-nos logo desde o início, deixando a sua marca lá para o final. Uma encantadora história de amor que nos traz dois sonhadores, com vidas difíceis que se encontram e reencontram por meros acasos. A paixão vive do cultivo de ambas as ambições e desejos e de uma partilha de momentos mágicos que por si só nos deixam submissos aos seus encantos. La La Land é uma autêntica ode ao cinema musical, aos filmes e aos momentos mais frenéticos, alegres e contagiantes que resultam desta combinação explosiva de vida e intensidade.

Image result for la la land still

A banda-sonora é um crescendo de surpresas, e uma odisseia de emoções, servindo de guião e de complemento a uma história que nos é familiar, que podia facilmente retratar as lutas e conquistas pessoais de cada um e que tem o seu quê de sonho, uma magia constante que lhe dá um carácter único e amável. Somos transportados para este mundo de Damien Chazelle e é tão fácil sentirmo-nos envolvidos nesta melodia encantadora que se torna natural demonstrar o nosso apreço.

Image result for la la land

Nesta dança cativante, o charme e encanto de Ryan Gosling e de Emma Stone, juntos lado a lado no grande ecrã, acaba por se tornar na derradeira peça de toda esta representação de amor, em interpretações que nos cativam de tal forma a que quando damos conta estamos contagiados e envolvidos neste conto vislumbrante. Mas o encanto destas interpretações atinge o seu auge nas músicas que tornam La La Land num autêntico espetáculo. E é talvez pelo carácter envolvente e natural de City of Stars e The Fools who Dream, com histórias e letras tão marcantes e pessoais que o filme se torna não num sonho de Chazelle, mas num sonho de todos.

Image result for la la land

La La Land é uma representação única não só do amor entre dois protagonistas mas de vidas de luta, de conquistas e de derrotas, que surpreende e deslumbra pelo seu encanto natural, pela proximidade e empatia que criamos de imediato com todo aquele mundo vibrante de cor e música. No fim de contas, La La Land é uma representação autêntica daquilo que é a magia do cinema. Uma ode aos musicais, ao amor e ao cinema, uma sequência vibrante coreografada do início ao fim com momentos mágicos, uma atmosfera cativante e um romance que combinados funcionam e fluem no grande ecrã de forma surpreendente e apaixonante.

stars_5

Advertisements

3 Comments

    • Acho que é filme para ganhar óscar de Melhor Filme, mas eu sou suspeito com romances e musicais 😛 mas as 14 nomeações sao um pouco exageradas. Para mim a nível de Melhor Filme e do que vi à data é a minha aposta.

  1. Marina says

    Lindo seu post! Muito bonita a maneira como descreveu o filme e a narrativa. Realmente, La La Land nos prende no enredo como se fosse o nosso próprio. Também escrevi um pouco sobre o filme no no meu blog. Era até difícil não comentar sobre essa obra, não acha? Se tiver interesse, depois dê uma passada lá pra conferir! 🙂 https://goo.gl/w2lyRH

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s