★★★, Críticas, Highlight Reviews, Português, Reviews
Leave a Comment

Crítica | Rogue One: Uma História de Star Wars (2016)

rogue_one_logo

swrogueone

  • De: Gareth Edwards
  • Com: Felicity Jones, Mads Mikkelsen, Donnie Yen
  • 1h13min

Rogue One: Uma História de Star Wars é o primeiro spin-off da saga de George Lucas a chegar às salas de cinema, oferecendo uma história que se localiza algures entre o terceiro e quarto episódios, sobre o roubo dos planos da suposta derradeira arma do Império, a Estrela da Morte. Um filme com dificuldades na produção que vieram ao de cima, com questões criativas e divergências na Disney que desmotivaram de certa forma parte das minhas expectativas, e uma história que introduz apenas algum conteúdo aos episódios já apresentados. Para Gareth Edwards, a tarefa não foi simples, com a necessidade de construir uma história em paralelo com um universo já existente, introduzindo novas personagens e pequenas histórias.

Talvez por isso se justifiquem as repetidas referências, momentos queridos e cameos de personagens do universo que apenas surgem ali para criar uma sensação de nostalgia e de familariadade para com os fãs e um público mais geral. Não fui de todo fã deste exagero de referências, que dá por vezes a ideia de que por si só a história e as personagens não são suficientes para saciar os desejos e o entusiasmo dos fãs, que aguardam o episódio VIII, com estreia marcada para daqui a um ano. As aparições vindas do nada, as múltiplas referências forçadas e um final que serve apenas de elo de ligação ao episódio IV, demonstram assim a dificuldade em criar esta espécie de história paralela.

O elenco, composto por Felicity Jones, que interpreta aqui a jovem e corajosa heroína Jyn Erson, por Diego Luna, o capitão e parceiro de Jyn, Cassian Andor, e ainda Mads Mikkelsen e Forrest Whitaker resulta na combinação interessante de muito talento e de nomes menos conhecidos que produz um resultado cativante e apelativo. Para Felicity Jones, dar vida a uma das heroínas do universo Star Wars é uma forma de fechar em grande um ano repleto de êxitos e bons projetos, pelo que a sua personagem teria pernas para mais algum tempo de ecrã ou algum episódio adicional. Destaque também para o robô K-2SO, que tal como BB-8, rouba parte das atenções, ao surpreender-nos com uma personalidade agradável, divertida e audaz, demonstrando ser mais uma personagem com todo o potencial para fazer parte da saga.

A questão com Rogue One é que face ao seguimento da história no seu todo, muitas destas personagens, ainda que com todo o potencial, são aqui introduzidas e concluídas por não existir mais espaço de manobra, sem causar problemas na estrutura global da saga, o que se torna frustrante tendo em conta que a história leva o seu tempo a introduzir as personagens e a situação actual na galáxia e só lá para a segunda metade é que consegue tornar-se numa narrativa repleta de aventura, acção e cativante, ao nível da saga de Lucas. De certo modo, Rogue One tem e não tem história para as suas mais de duas horas de duração, ainda que o segundo acto tenha servido como um bom aperitivo para a estreia do episódio VIII para o próximo ano.

Com espaço para arriscar um pouco mais, a história de Edwards não tira partido da oportunidade que tem para dar um tom mais negro à história, procurando trazer para o ecrã a emoção, as aventuras e a adernalina que fizeram de Star Wars o tremendo sucesso que ainda é nos dias de hoje. Para os que procuram um grande filme ao nível dos melhores episódios, Rogue One está um pouco longe desse patamar, apresentando-se como uma agradável aventura, com bons momentos, carregada de efeitos especiais, pelo bom humor característico e por personagens deliciosas que teria todo o gosto em conhecer um pouco mais. Fica assim marcado como um aperitivo para o que ainda aí vem, uma prenda antecipada para os fãs e uma história que integra na perfeição na já extensa saga de George Lucas, oferecendo uma visão intermédia dos eventos que separam as duas trilogias existentes.

stars_12

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s