★★★★, Críticas, Highlight Reviews, Português, Reviews
Leave a Comment

Crítica | Capitão Fantástico (2016)

cfantcpitao-fantastico-poster

  • De: Matt Ross
  • Com: Vigo Mortensen, George MacKay, Annalise Basso
  • 1h58min

Tornou-se cada vez mais frequente e habitual ver actores abandonarem as luzes da ribalta e as câmaras para se colocarem numa posição diferente onde podem partilhar com os espetadores as suas ideias e histórias. Matt Ross, que actualmente brilha como Gavin Belson na série da HBO Silicon Valley, apresenta em Capitão Fantástico uma história peculiar, original e viva de uma família disfuncional que depressa se torna num épico e surpreendente coming of age que conta uma interpretação absolutamente fantástica de Vigo Mortensen, a preparar-se para uma provável nomeação para o Óscar de Melhor Actor.

cf1

Mortensen dá vida a um pai, Ben, com uns ideais e objectivos de vida diferentes daquilo que é a “norma” na cultura ocidental, que vive com os seus seis filhos numa cabana numa imensa floresta nas montanhas do estado de Washington. Um pai dedicado e apaixonado pela Natureza e por um estilo de vida mais livre e pacífico que procurou educar os seus filhos com os seus ideias (sobretudo os que contrastam com a sociedade monopolista e capitalista), com um espírito livre e crítico e uma série de técnicas de sobrevivência. Uma educação livre, longe dos vícios e do consumismo desenfreado em que é privilegiado o pensamento crítico, o raciocínio, a partilha de informação e a capacidade de sobreviver em plena floresta. Mas quando Ben se depara com a morte da mulher, a revolta e a sua dor e a dos filhos leva-os para uma aventura em plena cidade em que a vida mais pacata e a vida desenfreada e consumista colidem.

É fascinante e, de certa forma divertido, ver a forma como Ben educa os seus filhos, procurando passar-lhes uma ideia de liberdade e honestidade que parece desgasta nos valores que são passados às gerações futuras. Uma crítica social bem viva que transparece pelo meio de conversas e peripécias… A relação entre Ben e os filhos, ainda que com os exageros dos seus ideias, é o que torna Capitão Fantástico numa autêntica pérola do cinema moderno, ao desafiar os valores, costumes e a educação da sociedade com uma visão mais livre e natural da vida, desprovida de preconceitos.

O encanto evidente na inocência e sabedoria das personagens do filme acompanha uma história de descoberta, luto e repleta de encantos e de peripécias vivas que constituem as estranhas e maravilhosas vidas de uns jovens (muito) especiais. A alma, a dedicação e a força de carácter são presenças constantes nesta odisseia que cruza dois mundos muito diferentes e que é ao mesmo tempo um debate sobre a nossa educação e valores, deixando a interrogação em aberto e material para uma posterior reflexão. Uma história cujo potencial procura desafiar as nossas próprias crenças e ideais, em que as emoções e as relações constituem uma espécie de álbum de memórias de uma viagem inesquecível.

cf2

Vigo Mortensen, com a sua personagem irreverente e ousada, brilha no grande ecrã, acompanhado por miúdos fantásticos que dão um tom mais inocente e rebelde à história. No seu todo, com uma fotografia preenchida com belas paisagens naturais, interpretações fantásticas e carregadas de emoção e naturalidade e uma história que é muito mais do que uma mera narrativa, Capitão Fantástico é uma vitória triunfante para Matt Ross. Um coming of age que trata a vida, os ideais, a descoberta e os prazeres da juventude com um carinho e uma naturalidade que tornam a experiência num regresso ao passado. Uma história desafiante e com uma estranheza muito própria que nos leva a reflectir sobre a nossa cultura e os nossos valores e que nos delicia com o seu encanto natural. São duas horas vivas e intensas com emoções à flor da pele, em que testemunhamos uma viagem desafiante de uma família disfuncional, que se traduz numa das grandes surpresas dos últimos anos.

stars_16

 

 

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s