Artigos, Entrevistas, Festivais / Eventos, MOTELx, Prémio MOTELX Melhor Curta Portuguesa 2016
Leave a Comment

MOTELX 2016 | Entrevista “Oneiros” com Gustavo Silva

motelxlogonew

oneiros_poster

Oneiros é uma experiência mais psicológica e surreal que trata os medos e as ansiedades de um estudante, numa estranha noite passada sozinho em casa. Gustavo Silva tira partido de uma televisão que insiste em ficar ligada para provocar o espetador com uma entidade paranormal que se manifesta de forma peculiar.

realizadoroneiros

De onde surgiu a ideia para Oneiros?

Estava a terminar o meu curso e queria realizar uma curta-metragem, com poucos recursos, só com um actor e um único cenário. Infelizmente, não foi possível criar uma narrativa com um só actor e foi assim que introduzi a Soraia, a namorada do Bruno (a personagem principal). A ideia principal era a de criar uma história com uma personagem sozinha em casa, onde haveria um monstro, mas acabei por não seguir o ciliché de colocar um monstro em casa, como por exemplo debaixo da cama. Quis criar algo mais filosófico e fazer uma pequena crítica aos media com uma televisão com poderes paranormais.

Filmes como The Ring e Poltergeist foram uma inspiração para este filme?

Conheço ambos os filmes, por acaso nunca vi o Poltergeist e, de uma maneira ou doutra, servem sempre como inspiração como por exemplo para efeitos e aspectos visuais.

Estás a estudar cinema?

Acabei o curso de Cinema & Audiovisual em 2015 na Escola Superior Artística do Porto e agora estou a fazer edição de vídeo. O filme Oneiros foi o meu projecto final de curso.

E a nível de apoios?

Os únicos apoios que tivemos foram apoios monetários por parte da faculdade.

A ideia de uma noite de estudo sozinho em casa surgiu de uma experiência pessoal?

A ideia nasceu, tal como está nos agradecimentos, de um colega meu, que conheci no Verão entre o 2º e 3º ano de faculdade e que me contou uma história em que um  dia estava sozinho em casa e o telefone começou a tocar e quando atendeu só ouviu o bafo de uma pessoa. Eu perguntei-lhe se era verdade, ao que ele confirmou e surgiu daí essa ideia. A situação do telefone foi colocada no filme através dos fones e da televisão.

Projectos futuros?

Tenho uma curta-metragem com argumento escrito que tenciono gravar até ao final do ano e concorrer de novo ao MOTELX no próximo ano. Não vai ser tanto uma história de terror psicológico, vai ser uma coisa mais física, mais pesada. Existem mais projectos em mente mas este vai ser o próximo.

E do MOTELX, é a tua primeira vez aqui? O que estás a achar?

Sim, é uma festa incrível. Nós já tivemos um spot publicitário no Fantasporto, com o qual fomos vencedores e estivemos lá, mas a organização aqui tem muitas mais pessoas e é uma experiência melhor, como é óbvio. Estou a gostar e isso faz-me querer estar cá no próximo ano.

A análise a Oneiros encontra-se disponível aqui.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s