Artigos, ★★★★★, Críticas, Festivais / Eventos, MOTELx, Português, Prémio MOTELX Melhor Curta Portuguesa 2016, Reviews
Leave a Comment

Crítica / Prémio MOTELX Melhor Curta Portuguesa 2016 | JIGGING (2016)

motelxlogonew

cartaz_jigging_estudo_f

Já não é a primeira vez que Ramón de los Santos deixa a sua marca no MOTELX e, já no ano passado, com O Efeito Isaías, ficou no ar a genialidade do enredo e a forma curiosa como o realizador cria um efeito de suspense. JIGGING é o seu mais recente trabalho, uma espécie de thriller com algum suspense pelo meio, derivado de duas personagens peculiares e da estranha relação que se gera entre estas. É simplesmente delicioso ver a forma como a acção se desenrola na curta-metragem, que nos conta a história de um pescador que decide alguar um barco a um homem estranho que passa o dia a comer tremoços. As interepretações de José Carlos Garcia e de Tiago Viegas são de grande qualidade e carregam toda a misticidade e suspense do filme. Uma história curiosa, com uma tensão crescente e um humor negro muito súbtil. JIGGING tira partido do seu elenco e de detalhes delicosos que cativam desde logo o espetador a mergulhar no mistério. Ramón de los Santos repete assim a dose no MOTELX com mais uma história deliciosa recheada de momentos marcantes e de um suspense muito característico.

O MELHOR: As personagens e a curiosa relação que surge entre estas. Os detalhes ao longo do filme, a música e a forma como o enredo provoca um certo desconforto e um suspense de grande nível.

O PIOR: Nada de relevante a registar.


stars_5

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s