Artigos, ★★★★, Críticas, Festivais / Eventos, MOTELx, Português, Reviews
Leave a Comment

Crítica / MOTELX 2016 | Psychonauts, the Forgotten Children (2015)

motelxlogonew

psiconautasposter

Provavelmente um dos filmes mais emocionantes e apelativos desta edição do MOTELX… Uma longa metragem de animação espanhola com um cheirinho de terror e um cenário obscuro pelo meio, num mundo sem igual, deserto e em que é feita uma clara crítica social à estratificação social e à forma como todo o ecossistema funciona. Psiconautas, los niños olvidados é um notório exemplo do que de mais extraordinário o cinema fantástico tem para oferecer. Uma narrativa épica que retrata uma jornada num mundo obscuro de uma rapariga que quer fugir do lugar onde vive, dos seus pais e de tudo o que conhece ao lado de amigos e do seu amor, que é nada mais nada menos do que uma espécie de protagonista improvável, um junkie consumido pelos seus próprios demónios a viver uma constante realidade mais obscura que a de todos os outros.

Psiconautas retrata também os problemas da sociedade e a forma como esta se desenvolve e se divide, criando barreiras entre os diferentes estratos, como os mais pobres e desamparados, que habitam numa enorme lixeira, em busca de cobre e com uma visão muito ofuscada da felicidade. São estas as crianças esquecidas, aquelas que foram deixadas de parte, com pouca ou nenhuma esperança de um futuro melhor. À partida, Psiconautas aparenta ser uma estranha experiência, digna e merecedora de reconhecimento em festivais mas, ao mergulhar na história e ao conhecer as personagens únicas com características fascinantes, vemos a realidade complexas e ficamos fascinados com os detalhes e as peripécias que este pequeno mundo nos oferece. É uma estranha história que tem sempre um toque familiar e humano e é isso que acaba por prevalecer no fim.

Uma jornada épica com um desenlace fantástico e sentido, uma explosão de emoções e sensações à medida que nos aventuramos com as duas personagens principais desta trama, Birdboy, o junkie perdido, e Dinky, a fugitiva apaixonada que procura uma vida melhor. É um daqueles raros casos em que o terror e o fantástico se unem ao amor para criar uma história emocionante e comovente. Psiconautas é um pequeno menino prodígio do cinema espanhol e uma experiência obrigatória para todos os fãs do cinema fantástico independente. Uma aventura que estimula os medos com uma série de peripécias curiosas e por vezes devastadoras, e que provoca o espetador com uma série de reflxões e críticas sociais. É um pequeno tesouro num género cada vez mais reconhecido e ao mesmo tempo uma surpreendente e comovente exploração da natureza humana.

stars_16

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s