★★★★, Críticas, Highlight Reviews, Português, Reviews
Leave a Comment

Crítica | The Neon Demon – O Demónio de Néon (2016)

TheNeonDemonThe Neon Demon - Poster

  • De: Nicolas Winding Refn
  • Com: Elle Fanning, Christina Hendricks, Keanu Reeves, Jena Malone
  • 1h58min

Dou por mim envolto em dúvidas, receios e anseios enquanto procuro relatar aquela que foi uma das experiências mais marcantes, sensoriais e bizarras da minha vida. O novo filme do visionário Nicolas Winding Refn, The Neon Demon, é uma fábula trágica apresentada como um delicioso fruto proibido que vai ganhando contornos sádicos e inesperados à medida que se aproxima de uma conclusão. Longe de ser um filme fácil, sujeito a várias interpretações, The Neon Demon leva ao exagero e ao chocante e irreverente a temática da obsessão pela beleza e dos podres de uma indústria que procura a todo o custo o limite da perfeição. Uma história simples contada de forma irreverente, por intermédio de um espectáculo de vaidades, luzes, cor e música que retrata o dia-a-dia de uma jovem aspirante a modelo, Jesse (Elle Fanning) na cidade de Los Angeles. Recém-chegada e sem rumo aparente, Jesse vê a sua beleza e inocência como chaves mestras para as portas da indústria da moda, conquistando como que de imediato a atenção de tudo e todos. Mas as conquistas repentinas depressa se tornam numa espiral de situações inesejadas em que a vingança, inveja e obsessão tomam conta da história.

Image result for O demónio de néon portugal

Sem amigos e familiares, Jesse tira partido de uma repentina amizade com uma maquilhadora que a auxiliou, Ruby (Jena Malone), e da relação com duas modelos já experientes que vêm Jesse como uma potencial ameaça. Pelo meio de intrigas e conquistas, a inocência de Jesse leva-a a transfigurar-se numa pessoa completamente diferente, cuja simpatia se vai convertendo em arrogância e numa vontade incontrolável de chegar ao topo. A forma repentina como Jesse triunfa no mundo da moda acaba por ser o gatilho para uma série de acontecimentos que vão traduzindo a sua personalidade versátil e irreverente. Uma espécie de espiral ascendente e descendente que prende a atenção com breves vislumbres de luzes, cor e expressões que dão força e relevo à narrativa.

Image result for O demónio de néon portugal

Com The Neon Demon, Nicolas Winding Refn, toca em pontos sensíveis e tira partido do terror psicológico para dar a conhecer a sua interpretação de um mundo obcecado com a beleza. Personagens com traços pessoais difíceis de compreender à primeira vista são uma constante aparição neste conto trágico e belo, pelo que é necessária uma visualização mais atenta para se tirar partido de um incrível desenvolvimento de personalidades. As motivações, as intrigas e os desejos são aqui explorados de forma mais hardcore, sem medo de arriscar e de provocar, levando a intensidade do filme a extremos por vezes inconcebíveis.

Image result for O demónio de néon portugal

Uma espécie de desafio que nos conquista pela sua envolvente mais misteriosa e intrigante e por uma narrativa nada linear e regular, que é contada através de diálogos e de linguagem corporal. A conjugação das cores e das luzes com a linguagem corporal traduz-se naquela que é, com toda a certeza, uma das melhores fotografias dos últimos anos, capaz de absorver toda a atenção e de maravilhar até os espetadores mais desatentos. Mas a obra de Refn cai numa espécie de exagero, ao longo do último acto, que é difícil de engolir. Uma espécie de exploração feminina com o mero objectivo de provocar e de suscitar as mais diversas sensações no espetador. E é precisamente este último acto que dificulta todo o processo de análise.

Image result for O demónio de néon portugal

Das interpretações destaca-se sobretudo Jena Malone, como nunca antes vista, ao tirar partido de uma personagem multi-dimensional, tresloucada e obcecada, que é um elemento chave para toda a história. Elle Fanning, num registo completamente fora do habitual, demonstra também uma segurança, vivacidade e carisma incríveis à medida que a história prossegue e que a sua personagem vai perdendo a inocência. Keanu Reeves e Abbey Lee, vítimas do exagero por vezes desmedido, seguem direcções irregulares descabidas que tiram parte da credibilidade e impacto da trama.

Image result for the neon demon

Mas para lá do choque e do tom mais negro e obscuro, The Neon Demon é uma obra com uma beleza e um tom muito característicos, que nos conquista pelo seu estilo mais irreverente e invulgar, com uma fotografia absorvente, uma banda sonora incrível da autoria de Cliff Martinez e uma narrativa invulgar que cria contronos inesperados numa história que aparentava ser simples. Este é um daqueles filmes que tira partido do seu carácter mais irreverente e da forma como provoca o espetador, tornando-se numa espécie de retrato trágico de uma indústria envenenada em que a ganância e a obsessão imperam.

stars_14

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s