★★★, Críticas, Highlight Reviews, Português, Reviews
Leave a Comment

Crítica | Money Monster (2016)

money monster logoMoneyMonster_1sht_PT

  • De: Jodie Foster
  • Com: George Clooney, Julia Roberts, Jack O’Connell
  • 1h30min

Money Monster, o mais recente filme da autoria de Jodie Foster, conjuga um estilo e uma narrativa familiares numa combinação bombástica de espetáculo televisivo e de corrupção financeira que traz ao de cima as memórias de The Big Short, com uma breve crítica à corrupção em Wall Street num ponto de vista ligeiramente diferente. Aqui somos guiados por um conhecido apresentador de televisão, Lee Gates, interpretado por George Clooney, que cativa e promove apostas no mercado da bolsa num programa que encobre a sua seriedade com humor e entretenimento. Naquele que seria o último programa da realizadora Patty Fenn (Julia Roberts), o público é confrontado com a queda no preço das ações de uma empresa, que foi sempre exposta naquele programa como uma aposta segura, e que se vê no meio de uma enorme encruzilhada com a perda de quantidades ridículas de dinheiro por culpa de um aparente erro informático. E é neste frenesim de dúvidas que os ânimos se exaltam e o irreverente Lee Gates vê-se refém no seu próprio programa de um jovem enfurecido, interpretado por Jack O’Connell que investiu todas as suas poupanças na dita empresa e que procura não o seu dinheiro, mas respostas para aquilo que aconteceu.

Daqui é possível tirar logo uma ou duas conclusões relativamente ao enredo do filme que acaba por seguir uma estrutura demasiado linear e por cair na previsibilidade com conclusões tardias e desenlaces apressados e óbvios que traduzem uma clara tendência para o entretenimento. Durante o filme, a intriga e o thriller perdem-se com a exploração do espetáculo televisivo usado como ferramenta para expor a corrupção nos mercados em momentos que ainda que transmitam alguma intensidade e profundidade ao enredo deitam tudo a perder com reviravoltas previsíveis, ficando por vezes a ideia “been there, done that”.

Money Monster acaba então por tirar partido de uma premissa algo original e com um potencial que podia ter sido explorado de forma diferente, proporcionando não só uma boa sessão de cinema com entretenimento e ação à mistura, mas também um pouco mais de suspense e intriga. Isto porque não é a tomada de reféns durante o programa nem todo o caso de corrupção que fazem nos sentir mais próximos do filme, mas sim as personalidades quer de Lee, quer de Kyle, o jovem que perdeu tudo, que vão sendo expostas aos poucos, evoluindo consoante o rumo do enredo. Nos primeiros momentos é evidente um distanciamento entre as personalidades dos dois, em que um demonstra segurança e o outro alguma instabilidade, mas com o agitado rumo dos eventos, as personalidades de ambos colidem e transfiguram-se rodeados por câmaras e vistos por milhões de pessoas em direto em todo o mundo, enquanto ambos procuram respostas para uma situação indesejável que depressa ganha contornos suspeitos.

As interpretações de Clooney e de O’Connell acabam então por trazer algum entusiasmo e intensidade ao enredo, aliadas a uma premissa que suscita alguma curiosidade e intriga. Todo este espetáculo televisivo e todo o explorar de um caso de corrupção numa empresa bem sucedida em Wall Street tira partido de casos de corrupção recentes e do ímpeto provocado pelo filme de Adam McKay, procurando abalar e criticar uma indústria de milhões de forma subtil e mais direcionada para o mundo do entretenimento. Para um filme que prometia ser um thriller de destaque deste ano, Money Monster deixa um tanto ou quanto a desejar, com uma boa ideia e um claro potencial que se refletem e ganham valor à custa de boas interpretações e de um autêntico espetáculo de entretenimento, ideal para as tardes de domingo da televisão.

stars_11

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s