★★★★★, Críticas, Highlight Reviews, Português, Reviews
Leave a Comment

Crítica | Quarto (2015)

room tt

quartoposter

  • De: Lenny Abrahamson
  • Com: Brie Larson, Jacob Tremblay, Sean Bridgers
  • 1h58min

É a relação comovente entre uma mãe e um filho ligados por um elo forte e confinados a um pequeno espaço que esconde memórias e segredos obscuros que tornam Quarto num thriller impressionante e cativante que vive de detalhes e de pequenas peripécias enquanto a história é contada por intermédio de vivências e ações. Estava longe, mas mesmo muito longe de imaginar algo com a natureza emocional e arrebatadora que caracteriza o filme. Uma história de esperança presa a quatro paredes de um quarto representado como se fosse o mundo aos olhos de um rapaz, Jack, que nada viu para lá do que ali existe e que aos 5 anos é confrontado com a existência de um mundo incrível para lá do espaço em que sempre viveu.

Chega a ser quase que assombroso presenciar esta assustadora história cujas peripécias vão sendo descobertas pelo meio de intrigas e segredos revelados num ambiente claustrofóbico e que, ao mesmo tempo, aparenta ter uma grande dimensão. O quarto, a pequena dimensão a que somos apresentados é como que o mundo, todo o mundo aos olhos de Jack e o que para lá daquelas paredes resume-se a um universo de possibilidades. Presos às quatro paredes assistimos então à luta pessoal de uma mãe que não representa quaisquer símbolos de heroísmo e bravura mas sim a naturalidade, o carinho e o sentimento de proteção característicos de uma progenitora. Uma mãe que se viu aprisionada durante anos e anos por ter feito o bem e que procura proporcionar ao filho uma ideia de segurança e de bem-estar, protegendo-o do homem que ali os deixa presos, sem dó nem piedade.

É a conjugação entre a simplicidade e a franqueza com que Jack vê o mundo e o desespero e a ansiedade da mãe que fazem daquele espaço um lugar enorme e complexo ao qual nos sentimos ligados de alguma forma e que ao mesmo tempo nos prende nas suas reduzidas dimensões. Brie Larson dá vida aquela que é talvez a interpretação de uma vida, com uma personagem retratada duma forma tão dedicada e natural que deixa ali uma impressão de ternura, de amor e de conforto que se reflete nos olhos de Jack.

Contudo, anos de prisão e a vontade de mostrar ao filho a realidade e o mundo real que se estende para lá das quatro paredes, levam-na a arriscar uma última vez uma saída daquele lugar que possa por fim ao desespero e garantir uma vida melhor ao filho. Passamos então de um ambiente de prisão e clausura para uma história de sobrevivência, coragem e perseverança quando a curiosidade de Jack desperta. Escapar passa a ser a prioridade número um e a forma como Jack reage ao observar pela primeira vez uma realidade que lhe era até então desconhecida revela a pureza de uma história que, baseada numa terrível e angustiante realidade, consegue revelar o que há de melhor e de mais humano e puro focando-se na esperança e nos laços criados entre mãe e filho.

Quarto é uma dura batalha psicológica e intrigante contada duma forma emotiva e cativante que nos leva para uma autêntica viagem de emoções em que somos confrontados tanto com situações de ternura e de companheirismo e afeto como com situações quase-claustrofóbicas e revoltantes. Uma história dura e impressionante acompanhada por duas interpretações fascinantes tanto do jovem Jacob Tremblay como de Brie Larson, que brilha com a forma natural e comovente como dá vida a uma mãe aprisionada que tenta proporcionar ao filho um sentimento de segurança. Depois de Frank e, num registo completamente diferente, Lenny Abrahamson é responsável por assinar um dos grandes filmes do ano que vai com toda a certeza deixar a sua marca com uma história de esperança que reflete o melhor e o pior da natureza humana e que nos aprisiona num lugar pequeno mas ao mesmo tempo infinito.

stars_5

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s